Ídolos (?)

Os Ídolos estão de volta. Não se fala de outra coisa na rua, no café, um pouco por todo o lado. Nenhuma novidade aqui: O programa sempre foi um sucesso em termos de audiências, mas não necessariamente pela qualidade dos intervenientes... muito pelo contrário. Se há coisa que a gente gosta é de se rir com a desgraça dos outros. Não há volta a dar, o ser humano tem essa tendência absurda e o programa em causa exponencia ao máximo esse aspecto.

A juntar a isto, uma outra tendência formidável, neste caso muito específica do povo português: a crença no dinheiro e no sucesso fáceis, com um mínimo de esforço e muita confiança na sorte, o que faz com que apareçam em todos os castings de todos os programas de música milhares e milhares de jovens que acreditam vir a ser estrelas e procuram os seus 15 minutos de fama.

É por isto que Ídolos é um programa sem fim à vista: Os que foram rejeitados voltam quase sempre (porque correu mal da outra vez, porque estiveram a treinar mais, porque o júri agora é outro, porque sim!) e a cada ano que passa surge mais uma fornada de miúdos de 16 anos (que no ano anterior não se tinham podido inscrever) devidamente "empurrados" pelos papás e pelas mamãs que são mais cegos (e surdos!) que os jovens inconscientes. Podia haver um Ídolos todos os anos que haveria sempre milhares de concorrentes e outros tantos a rir-se do lado de cá das câmaras.

E não há limites para a inconsciência: Vê-se de tudo, desde os que não fazem a mínima ideia do que é música aos que nunca mexeram o corpo para nada, passando pelos que acham que por levarem o adereço mais absurdo têm meio caminho andado para passar à fase seguinte...

Quanto ao júri... também há um papel que se desempenha ali, muitas vezes abusivo (é o que se lhes pede, principalmente nos casos mais graves) mas essencialmente sério na análise. O que assusta realmente é que aqueles concorrentes que são mais enxovalhados são normalmente os que chegam cá fora e gritam que ninguém os vai parar. Medo.

Agora Ídolos passa à fase 2 com os cento e tal concorrentes escolhidos. Vai ganhar em qualidade musical. O que leva necessariamente à acentuada quebra no interesse e nas audiências... porque os bons não têm piada nenhuma!

Para mim (porque já confessei aqui que programas com novos bons cantores são um guilty pleasure) Ídolos começa agora, embora tenha rebolado a rir com o ridículo, o piroso e o "azeitola" (quem aguenta não o fazer?) e saiba perfeitamente que isto no fundo, no fundo não dá em nada - Nuno Norte apareceu e desapareceu e o vencedor da segunda série, aquele que parecia o Eduardo Mãos-de-Tesoura, nunca mais foi visto nem ouvido em lado nenhum...

9 comentários:

jf disse...

É o típico programa para as audiências! Quando os cromos desaparecem, as audiências certamente diminuem...pouco mais do que amigos, família e conhecidos dos concorrentes...

Dianinha disse...

Eu nem me lembro desse aí que ganhou a segunda série! Deve ter desaparecido mesmo! Mas verdade seja dita, dei muitas gargalhadas com os ditos cromos desta série ... são cromos com muito nível! Mas continuo a acompanhar o programa (das poucas coisas que páro para ver televisão) porque acho que é uma fonte muito rica de material para o meu trabalho. Ok pode parecer estúpido mas é verdade. Aquilo é uma forma de "recrutamento" e há aspectos que são valorizados para além da componente técnica e que foi determinante para alguns para passarem à fase seguinte. Em qualquer meio profissional acontece o mesmo: somos avaliados e valorizados muito para além da componente técnica. Mas também se não temos componente técnica somos uns cromos. Conclusão (até porque deixei-me levar e já estou aqui em divagações), acho que depois as pessoas que começaram a ver os Ídolos acabam por acompanhar até ao fim, porque querem saber quem vai ganhar, querem saber quem vai chorar por ser eliminado, querem saber o que é que aquela toda jeitosa vai levar vestido desta vez e agora claro, querem ver a barriga da Claudia Vieira a crescer! hehehe :)
Só mais uma coisinha, antes os Ídolos do que aquele programa que me dá vómitos da Barbara Guimarães e do outro que já não me lembro do nome ... haja paciência!

Agora juro que me calo :)

Mariana disse...

LOL! :) (Sei q me entendes!)

Primeiro, o Eduardo Mãos-de-Tesoura está desde que ganhou o ídolos, practicamente, a cantar nos programas das manhãs da sic. O q pode ou não ser considerado uma coisa boa de se fazer.. Cantar o tema "a árvore das patacas... lalala... ligue 300 300 300" pode não ser o objectivo de quem vai ao ídolos. Mas a verdade é q continua a ter os seus 45 minutos de fama todos os dias.

Segundo, não há mt a dizer sobre o ídolos. Os programas de televisão são mesmo assim... Ninguém se interessa muito pelo q tu cantas... mas interessam-se de certeza pelo q n cantas.
Se todos os q são ridículos ao ponto de irem lá sem saberem cantar fossem por piada e pa se divertirem até se percebia... mas irem pq acham q são bons e vão ser cantores um dia.. é simplesmente assustador.
Um gajo fez uma aposta e foi lá cantar o hino nacional... Divertiu-se e teve piada até pq tb tentou cantar uma música de um russo q ganhou o festival da canção há 2 anos e foi de rir! LOL.
Mas os q não cantam e vêm cá para fora dizer q um dia se vão vingar e n sei o q... é triste!!

Mas a verdade é q toda a gente vê. Ate eu aqui de londres vejo na net.
Puro entertainment - dizem q serve para fazer esquecer os problemas do dia-a-dia, e a verdade é q faz!

Ahhhh, a Cláudia Vieira tá grávida??????

Beijos*

LP disse...

É verdade! Como diz a Mariana, o "Eduardo mãos-de-tesoura" tá nas manhãs da sic a ganhar o seu... e O Nuno Norte, na Filarmónica Gil, já deu bem que falar... Ok, pensarão vocês que isto pode parecer uma desculpa para eu participar na próxima edição. E estão certos. Se houver outro "ídolos", lá estarei... afinal, o segredo do humor é sabermos rir de nós próprios... Só assim temos legitimidade para rir dos outros! ;)
(P.S. - a palavra de verificação é, desta feita, "resonam"... O QUE É ISTO?!?!?!...)

Gustavo disse...

Caro Joao, nao te esqueças da "Luce", vulgo Luciana Abreu, que mesmo nao tendo ganho (e antes dos novos "adereços") se tornou o maior fenomeno de popularidade do programa...

Confesso, nao vejo... Talvez por isso nao perceba que se fale tanto nisso, no café, na sala de espera, na casa de banho... Mas se tu o dizes, eu creio!!
:)

ana disse...

Disseste tudo tudo sobre este programa!!!
Eu assino em baixo!
Bjoca***

MJ disse...

Realmente, às vezes aquilo é um abuso em falta de qualidade, mas olha que o juri tb abusa quando enxovalha e humilha. Sabe Deus (e eles!) as humilhações por que terão passado p'ra chegarem onde estão... É só vingança???

(LP, a minmha é mais gira que a tua:tablindi!!!)

Anónimo disse...

"pokinti"... será "pókintu..."

Anónimo disse...

"forim" ... será "forer"? (caso seja gay).
Isto é divertido...