Estocolmo

Estocolmo teve um primeiro efeito em nós muito estranho: andámos por lá durante as primeiras horas terrivelmente deprimidos! A cidade apresentava-se imponente, enorme, repleta de gente e ao princípio chegou mesmo a assustar. Ainda hoje não sabemos o que aconteceu. No entanto esse sentimento foi passando, dando lugar a um outro bem mais animado à medida que fomos conhecendo as ruas mais pequenas e antigas. A capital sueca é composta por 14 ilhas ligadas por variadíssimas pontes e o mapa é enorme...

A ilha de Gamla Stan, a mais antiga, é lindíssima e está pejada de turistas 365 dias por ano. Foi aí que assistimos, em pleno Palácio Real, ao render da guarda que acontece todos os dias tal como em Londres, por exemplo. Uma cerimónia interessante e animada por uma fabulosa orquestra que vai debitando o Does your mother know dos ABBA entre muitos outros temas! Aproveitando um dia mais frio, fomos ainda ao Museu do Nobel que contempla todos os vencedores dos prémios desde a sua criação. Foi mesmo muito interessante e até deu para dormitar nos documentários...


Já os suecos são tradicionalmente pessoas fechadas e pouco amigáveis. Sentem-se pouco confortáveis com turistas e com o inglês e têm uma língua estranha que ninguém entende. As mulheres cospem para o chão na rua... Não ficámos grandes fãs do estilo!
Apanhámos a cidade em festa, com o que deveria ser a "queima" de Estocolmo! Montanhas de jovens enfiados em camiões aos berros e a distribuir cerveja pelas goelas, pelas cabeças e pelo público que passava. Todos ensopados de cerveja como se estivesse calor...não estava. E eles tremiam que eu bem vi...

Desconhecia que o prato tradicional sueco são as almôndegas com puré - claro que corremos a experimentar! Não tem nada a ver com o que nós pensamos serem almôndegas: São gigantes, muito saborosas, picantes, e vêm acompanhadas com puré, pickles e um molho doce de mirtilos que lhe dá um toque requintado. Gostei, gostei muito...

Foi a cidade mais bonita que visitei, sem dúvida. Mas fiquei um pouco desiludido com a aparente frieza das relações entre as pessoas. Posso estar enganado...

9 comentários:

Anónimo disse...

João grande amigo quero te pedir um favor, não escrevas mais sobre culinária, porque tu não podes dar opinião sobre comida, tu gostas de tudo!
LOL

Varandas disse...

Quase, quase tudo... só não suporto lampreia e sardinhas! Eheheh... e ainda falta falar dos petiscos de Glasgow, Bruxelas e Madrid esta semana!

Mário disse...

Fala amigo, de comida e fala bastante, só de ler, dá vontade de lá dar um "saltinho" e provar.
Como diz o Anonimo...Tens boa Boca.....também eu....

Tinês disse...

De facto, várias pessoas me disseram já que as almondegas do "restaurante" do IKEA são FA-BU-LO-SAS! Nunca experimentei, mas tem a sua lógica: afinal, o IKEA é ... sueco!!
Combinamos já: quando vieres a Lisboa vamos jantar ao IKEA (mas cedo, para depois podermos ir comer pregos e caracóis CDS)!

jf disse...

Estocolmo deve ser uma bela cidade para se visitar, assim como outras nos países nórdicos!
Fica para outros carnavais! :p
Alguém que não gosta de lampreia nem de sardinhas...enfim! Como consigo ser teu amigo?! LoL :)

choc^3 disse...

e n m trouxeste um d'aim tótó?

ana disse...

Sou um bocado esquisita com as comidas, não sou muito dada a esse tipo de aventuras...Lool

Mas...assim num sítio novo acho que ia querer experimentar tudo, nem que seja só no fim poder dizer "Ah, já comi "tal" na cidade "tal", e não gostei" =P


***

Pastilhas Júnior disse...

Que dizer da capital sueca depois do que escreveste? :)
Simplesmente que saciou as minhas expectativas (e eram elevadíssimas).
Quanto às suecas (já agora, os suecos também) são mesmo umas badalhocas. O cuspir no chão é mesmo nojento. Mas devemos também valorizar a enorme paixão que têm pela natureza. Inúmeros parques espalhados pela cidade tornam-na numa cidade muito verde e com um ar simplesmente puro (foi considerada uma cidade sem poluição). Enfim, é uma cultura completamente diferente da nossa, nem melhor, nem pior, simplesmente diferente.

Dianinha disse...

Simplesmente a cidade dos meus sonhos ... A cidade que me faz sonhar acordada! A cidade que quero conhecer nas três estações do ano!

E depois da tua descrição ... olha porra! Nem tenho palavras! Estocolmo - Queroooooo!