Paixão pelo Futebol




À partida, um Sporting-Porto ou Porto-Sporting é sempre um jogo chato. Aliás, é o pior jogo a que posso assistir, pois um jogo que eu queira mesmo ver tem que ter o Benfica como interveniente. Os restantes jogos de Sporting e Porto também têm algum interesse porque posso sempre torcer pelo adversário, do qual sou adepto... desde pequenino. A coisa complica-se realmente quando estas duas equipas se defrontam, pois nunca fui capaz de torcer por nenhuma.
Ontem tudo foi diferente, pois o árbitro principal, ou melhor, a estrela principal era o famoso Bruno Paixão. Com ele, um jogo de futebol ganha contornos de circo, com malabarismos incríveis, trapezistas, mulheres com bigode e domadores de leões! Treze (!) cartões amarelos, três (!!!) vermelhos, 3 ou 4 penalties por assinalar e um jogo impróprio para cardíacos, com prolongamento e penalties! Alguma vez um jogo destes seria assim tão interessante sem a intervenção de Paixão? Gente desta é que faz falta ao futebol! Em nome dos adeptos do futebol, muito obrigado Paixão!!!

4 comentários:

Helena disse...

É um fofo! não pode ter só virtudes, por isso é que não gosta do FCP.
Concordo que este jogo foi uma vergonha, mas ainda bem que no meio de tudo isto, o FCP saiu vitorioso.Já nos deu grandes jogos e com certeza que nos irá dar mais, não sei quando, mas vamos ter paciência e esperar pela altura certa.Só espero que a altura certa seja o proximo jogo com o "Glorioso".

MPR disse...

E uma avaliação de.... BOM!

Pastilhas Júnior disse...

Não se pode falar de paixão pelo futebol quando o Benfica não está envolvido no jogo. Assim sendo, trata-se de uma tentativa de explorar potenciais virtudes futebolísticas, nunca ao seu alcance. Deste modo, apraz-me a exibição do árbitro... :D

Varandas disse...

Eu não me ficava pelo BOM, talvez uma menção honrosa fosse o ideal...