O Barbeiro Virtual

Uma experiência única!

Para isso devem:

- Colocar os auscultadores (sem eles não vale a pena)
- Fechar os olhos (o grande desafio é manter os olhos fechados durante estes cinco minutos - e não, não é nenhuma daquelas parvoíces de assustar as pessoas...)
- Deixar o mestre trabalhar...



Ideia fantástica enviada pela Celina, fiel seguidora de Corda aos Sapatos. Obrigado!

8 comentários:

MJ disse...

Fantástico! Muito bom, mesmo.Só faltou mesmo aperceber-me do hálito do barbeiro!

The Path of Sofia / The Path of Wisdom disse...

Very amusing and very real!

Tinês disse...

E quem não tem auscultadores, como faz?

E a Celina tem apelido?

13@ disse...

Ora não fosse o que faltava...depois de só me dar um beijinho agora não tolera pessoas com menos de 3 nomes...ai ai tia inês... vou ter de converssr com o tio Vitinho sobre o facto de a tia tar a atiazar...

Varandas disse...

Então a Celina não havia de ter apelido, coitadinha...? Mas é prática do blog - já é o oitavo artigo do separador "Passos dos Outros" e para não ferir susceptibilidades nunca ponho nomes completos... ;)

MJ disse...

Já não ando a perceber nada disto! 'Atão' não é pa comentar o 'blogueiro'?? Na volta, tá tudo a falar de tudo menos do tal barbeiro!!!

Tinês disse...

Só para evitar conclusões apressadas (em que uma das minhas sobrinhas é especialista), eu perguntei pelo apelido porque acho que há uma hipótese, ainda que remota, de eu conhecer a dita Celina!!
E continuo sem saber se devo ouvir o barbeiro sem auscultadores ou não...

Celina disse...

Tinês, jamais sem auscultadores! (há uns a €2,50 nos trocados - caso sejas de Montalegre - e não são muito maus).

O nome é Bárbara Celina Jesus Magalhães.

Mas não falemos mais de mim... (he he)

Colocaste aqui a cena João... brutal!!!


=)